Espaço
PROMOÇÕES
CHECK-IN
RESERVAR
PERCURSO PEDESTRE - CAMINHO DE FERRO MINEIRO DO LENA

Construído nos anos 20 para escoar o carvão da pequena bacia carbonífera da Batalha (Mata e Barrojeiras), o Ramal do Lena ligava, na primeira fase, a Linha do Oeste, na Martingança, à histórica Vila, com término no Pinhal Manso, no local que passou a ser designado por Estação Velha, entre a Vila Facaia e a Jardoeira.

Das minas, o carvão era transportado até à estação batalhense, em carroças e em caminhões que davam os primeiros passos na época, o que não podia ser ainda a solução definitiva para o escoamento do carvão feito de forma rápida e tanto quanto possível rendível.

Modificou-se e alongou-se então o traçado da linha que se encaminhou, sensivelmente a partir da estação dos Pinheiros, pelo vale do Ribeiro da Calvaria, abrindo-se-lhe um arco no extremo sul da Ponte da Boitaca, erguida no reinado de D. Luís I (anos 60 do século XIX), até às Cancelas, topónimo dos arredores da Batalha já mencionado no século XVII; sítio da nova e melhor apetrechada estação, e pelo Vale do Lena, com desvio nas Brancas para as Alcanadas, onde se situavam as minas, continuando-se até à Corredoura, no Concelho de Porto de Mós e terminando na Mina da Bezerra.




Partida ou Chegada: Ponte da Boitaca ou Minas das Barrojeiras

Coordenadas: 39º39'26'';-08º49'54'' ou 39º22'14'';-08º48'15''

Extensão: 6 Km

Duração aproximada: 1h45m

Tipo de percurso: De pequena rota, por caminhos rurais e asfalto

Grau de dificuldade: Baixo

DISFRUTE DA LOCALIZAÇÃO DO NOSSO HOTEL E EXPERIMENTE A REGIÃO OESTE
SUBSCREVA A NEWSLETTER
trivago Awards 2017
Copyright © CASA DO OUTEIRO 2017
Copyright © CASA DO OUTEIRO 2017 | Desenvolvimento e Design:
Desenvolvimento e Design: